Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt



Quarta-feira, 14.12.16

Beatriz Ângelo

Médica Cirurgiã, Carolina Beatriz Ângelo nasceu em 1877, na Guarda, cidade onde realizou os seus estudos liceais. Acabado este período, ingressou nas Escolas Politécnica e Médico-Cirúrgica, em Lisboa, onde terminou o curso de medicina em 1902. Numa época em que era impensável uma mulher distinguir-se neste meio, onde a cirurgia era a essência da masculinidade, ela foi a primeira mulher portuguesa a operar no Hospital de São José, sob a direção de Sabino Maria Teixeira Coelho. Trabalhou ainda no Hospital de Rilhafoles, sob a orientação de Miguel Bombarda, e dedicou-se à Ginecologia, com consultório na baixa lisboeta. A sua atividade profissional foi conciliada com uma intervenção política e social intensa e marcante de feminista. Foi uma das principais ativistas da sua época, defensora dos direitos das mulheres, tendo lutado por causas como a sua emancipação, o direito ao divórcio, instrução das crianças e de direitos iguais para homens e mulheres.  Em 1909 funda a Liga Republicana das Mulheres Portuguesas.

Depois da implantação da República, esteve envolvida na fundação da Associação de Propaganda Feminista, em Maio de 1911. Esta associação que dirigiu, projetou a criação de uma escola de enfermagem, mais uma manifestação da emancipação das mulheres. 

Beatriz Ângelo foi também a primeira mulher a votar em Portugal.  O facto de trabalhar, ser viúva e ter a seu cargo uma filha, permitiram que lutasse pela defesa do seu direito. Votou em Lisboa, em 28 de Maio de 1911, para eleição dos deputados da Assembleia Constituinte, ato amplamente noticiado em Portugal e felicitado em diversos países do mundo pelas associações feministas. Em 1913, a lei eleitoral portuguesa foi alterada, consagrando o direito de voto a cidadãos portugueses do sexo masculino.

Beatriz Ângelo foi sem dúvida uma mulher marcante na história portuguesa, com um percurso interrompido pela sua morte prematura. Morreu aos 33 anos, em 3 de Outubro de 1911.

O seu nome foi atribuído a um edifício público da área da saúde, mais precisamente um hospital, pretendendo-se homenagear, pela primeira vez, uma mulher médica, que teve também uma intervenção política e social intensa e marcante na sua época.

O nome de Beatriz Ângelo associado a um edifício público tem, em Loures, um simbolismo particular, uma vez que  a causa republicana teve nesta cidade uma expressão de relevo, chegando mesmo a implantação da república a ser proclamada no dia 4 de Outubro de 1910, véspera do que aconteceu em Lisboa e no resto do país. O Hospital Beatriz Ângelo é um hospital multivalente integrado no Serviço Nacional de Saúde.

BA.pnghospital.png

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:13


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031