Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Segunda-feira, 02.09.19

História de Raven e Woodhouse

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:17

Domingo, 01.09.19

Cheiros que transporto da minha infância (original)

 

Na minha opinião o sentido que nos traz mais recordações da nossa infância é o olfato, que funciona como banda sonora das nossas lembranças e vivências.
Parafraseando pedro barroso, que  admiro muito e servindo-me duma frase que serve de refrão a uma das belas canções que escreveu, "quando desfolho o livro velho da memória"... hoje, e porque não conseguia dormir por ter sido apanhada por uma constipação, dei por mim a folhear esse velho livro que sempre me acompanha e os cheiros que me vinham à memória traduzem bem toda uma vida tão longínqua mas que não se apaga.nunca.
Vou começar pelo memória mais antiga de todas, quando aos cinco, seis anos brincava no jardim infantil do palácio de cristal e pasmem, ainda me lembro da cara das empregadas que nos punham nos baloiços, de bata azul e sorrios rasgados de muita ternura e cumplicidade de tal forma marcante que hoje ainda recordo com a maior nitidez; o cheiro das bananas e bolacha maria que faziam parte do meu lanche e que saboreava quando os retirava de uma bolsinha vermelha que usava a tiracolo e que, sentada junto a um lago que havia no recinto, forrado a azulejos com motivos infantis, saboreava como de um manjar se tratasse..
A seguir lembro o cheiro das gavetas da minha avó que guardavam fotos antigas e uma coleção de caixinhas muito bonitas e que fazendo parte do imaginário dela, faziam as minhas delícias sempre que lhe pedia para as ver; recordo o cheiro da roupa a secar ao sol no quintal, palco das minhas brincadeiras,  de uma frescura sem nome.
Lembro o cheiro a cera que invadia a escadaria da minha casa e que dava uma frescura impar a toda a casa.
Lembro o cheiro da lareira quando ia para as vindimas numa aldeia da região do  Douro,, chamada vilarinho de cotas. e onde o cheiro que saia das telhas vãs das casas térreas se espalhava pela aldeia, o cheiro do caldo de feijão que fumegava nas malgas e serviam de ceia aos trabalhadores que labutavam todo o dia e se reuniam no alpendre no final do dia na casa dos caseiros; o cheiro do vinho a  ser transportado do lagar para os toneis que ficavam na adega bem por baixo do quarto onde dormia.
E o pão de 4 cantos de favaios, comido de manhã ao pequeno almoço, que o padeiro nos trazia à porta, montado no seu burrito, ainda hoje sinto aquele cheiro
As pessoas crescidas  falam muito das recordações do passado talvez por o futuro já não ser muito longo. Foi bom recordar.
O video que apresento foi só um suporte para ilustrar algumas memórias, nada tendo de pessoal.

~livro.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 05:21

Quinta-feira, 29.08.19

Full album - Marco Paulo (2019)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:53

Quarta-feira, 28.08.19

Bárbara Tinoco - Antes dela dizer que sim

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:15

Segunda-feira, 26.08.19

Mãe e filho em (original)

Mais um passeio em dia de verão; neste caso na bela Foz do Douro

68734888_938884536444799_7447341994113761280_n.jpg

68946788_930216657358756_1123449662359994368_n.jpg

69205420_1496012577207628_2585231220229013504_n.jp

69498975_400578623795693_1365364653084901376_n.jpg

69573989_373481496674528_4038640413664346112_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:20

Sábado, 24.08.19

A moleirinha - Guerra Junqueiro

Pela estrada plana,

Guerra Junqueiro (1850 - 1923)
(Do livro de leitura da 4ª classe de 1951)

Pela estrada plana toc, toc, toc
Guia o jumentinho uma velhinha errante
Como vão ligeiros, ambos a reboque,
Antes que anoiteça, toc, toc, toc
A velhinha atrás, o jumentinho adiante!...

Toc, toc, a velha vai para o moinho,
Tem oitenta anos, bem bonito rol!...
E contudo alegre como um passarinho,
Toc, toc, e fresca como o branco linho,
De manhã nas relvas a corar ao sol.

Vai sem cabeçada, em liberdade franca,
O jerico ruço duma linda cor;
Nunca foi ferrado, nunca usou retranca,
Tange-o, toc, toc, moleirinha branca
Com o galho verde duma giesta em flor.

Vendo esta velhita, encarquilhada e benta,
Toc, toc, toc, que recordação!
Minha avó ceguinha se me representa...
Tinha eu seis anos, tinha ela oitenta,
Quem me fez o berço fez-lhe o seu caixão!...

Toc, toc, toc, lindo burriquito,
Para as minhas filhas quem mo dera a mim!
Nada mais gracioso, nada mais bonito!
Quando a virgem pura foi para o Egipto,
Com certeza ia num burrico assim.

Toc, toc, é tarde, moleirinha santa!
Nascem as estrelas, vivas, em cardume...
Toc, toc, toc, e quando o galo canta,
Logo a moleirinha, toc, se levanta,
Pra vestir os netos, pra acender o lume...

Toc, toc, toc, como se espaneja,
Lindo o jumentinho pela estrada chã!
Tão ingénuo e humilde, dá-me, salvo seja,
Dá-me até vontade de o levar à igreja,
Baptizar-lhe a alma, prà fazer cristã!

Toc, toc, toc, e a moleirinha antiga,
Toda, toda branca, vai numa frescata...
Foi enfarinhada, sorridente amiga,
Pela mó da azenha com farinha triga,
Pelos anjos loiros com luar de prata!

Toc, toc, como o burriquito avança!
Que prazer d'outrora para os olhos meus!
Minha avó contou-me quando fui criança,
Que era assim tal qual a jumentinha mansa
Que adorou nas palhas o menino Deus...

Toc, toc, é noite... ouvem-se ao longe os sinos,
Moleirinha branca, branca de luar!...
Toc, toc, e os astros abrem diamantinos,
Como estremunhados querubins divinos,
Os olhitos meigos para a ver passar...

Toc, toc, e vendo sideral tesoiro,
Entre os milhões d'astros o luar sem véu,
O burrico pensa: Quanto milho loiro!
Quem será que mói estas farinhas d'oiro
Com a mó de jaspe que anda além no Céu!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:13

Quinta-feira, 22.08.19

Dias de sol (original)

Aproveitando manhãs de sol e calor 😛
Como o sol e o calor nos tem brindado nos últimos dias, resolvi carregar baterias na bonita praia de Matosinhos e lavar a alma olhando para o mar, que de tão sereno, me traz toda a tranquilidade e paz de espírito.  

4.jpg

68743517_549481595790736_9050206690716155904_n.jpg

68752486_409276833126881_1536745354412687360_n.jpg

69018510_303124660502665_8988897406955290624_n.jpg

69266519_1302258769951592_2175766385601282048_n.jp

Anémona.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:27

Terça-feira, 20.08.19

Ed Sheeran - Don´t care

Edward Christopher Sheeran, conhecido artisticamente como Ed Sheeran, é um cantor e compositor britânico. No início de 2011, Sheeran lançou um extended play independente, que chamou a atenção de Elton John e Jamie Foxx. Ele, em seguida, assinou contrato com a Asylum Records

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:38

Domingo, 18.08.19

Dia mundial da fotografia (original)

A fotografia serve para eternizar momentos, para guardar recordações, para contar histórias em imagens, sem palavras, para mostrar um modo pessoal de ver o mundo ou simplesmente para dar prazer ao fotógrafo.
Estas fotos são, sem dúvida, as melhores da minha vida.

 

foto.jpg

 

ZÉ.jpgPaulo.jpg

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 20:47

Sexta-feira, 09.08.19

11 de agosto 2013 (original)

Passados seis anos da tua partida, meu amigo e companheiro, a saudade mantém-se em todos os momentos em que, por qualquer razão, sou posta à prova; um "menino" parecido contigo, uma brincadeira que costumavas ter ou muito simplesmente me lembro do meu Cascais.
A única coisa positiva é a presença de muitos patolinhas em meu redor com os quais convivo e me dão alento para continuar sem ti, meu doce amigo. O meu coração será a tua casa para sempre.

Make a wish.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 16:44


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031