Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Quinta-feira, 24.06.21

Nala también te espera..

Sentada a olhar por uma janela, como se estivesse à espera do dono. A imagem colocada nas redes sociais por Romina, irmã do futebolista Emiliano Sala, que está desaparecido desde o dia 21 de janeiro depois do avião que seguia ter caído no canal da Mancha, já foi partilhada milhares de vezes e está a emocionar toda a gente.
De acordo com o site Infobae, Emiliano Sala vivia em Nantes, França, com a cadela que tinha adotado em 2015. Impressionante o amor incondicional destes seres maravilhosos.

Nala.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:04

Terça-feira, 15.06.21

Espelho (original)

Espelho, uma superfície que reflete  algo ou alguém; hoje olhei para ele como sempre faço e vi o que habitualmente não consigo, o meu interior.
Iniciei ali mesmo, uma viagem fazendo algumas paragens nas etapas mais importantes da minha vida: infância, que me deu uma imagem de enorme felicidade, com toda a alegria que uma criança deve vivenciar, com pais maravilhosos que me acompanharam sempre na estrada certa; adolescência, vivida junto de amigos e pessoas que me marcaram e algumas delas ainda permanecem ao meu lado por serem pessoas que me acrescentam.
Por fim, a idade adulta, mais atribulada, com desafios enormes, e perdas normais que a vida nos traz mas sempre superadas.
No final de todo o percurso feito no meu íntimo, a imagem que vi refletida, foi a de uma mulher feliz, realizada e com força para continuar a caminhada, assim Deus continue a amparar-me e a dar-me forças.

Cocteau.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:52

Sexta-feira, 04.06.21

O Medo da Morte - Isabel Allende

O MEDO DA MORTE - ISABEL ALLENDE

Isabel Allende vive nos Estados Unidos há 30 anos com o seu marido e
dois cães. Quando lhe perguntaram sobre o principal medo que implica o
vírus, " a morte ", a escritora contou que desde que a sua filha Paula
morreu, há 27 anos, perdeu o medo para sempre.
" Primeiro, porque a vi morrer nos meus braços, e percebi que a morte
é como o nascimento, é uma transição, um limiar, e perdi o medo
pessoal.
Neste momento se apanhar o vírus pertenço ao grupo dos mais
vulneráveis, tenho 77 anos e sei que se apanho o vírus posso morrer, e
essa possibilidade neste momento da minha vida apresenta-se muito
clara, mas olho-a com curiosidade e sem medo.
O que esta pandemia me tem ensinado é a libertar-me de coisas, nunca
foi tão claro para mim que preciso de muito pouco para viver. Não
preciso comprar, não preciso de mais roupas, não preciso de ir a lugar
nenhum, nem viajar, agora vejo que tenho coisas a mais.
Não preciso de mais de dois pratos!
Depois, começo a perceber quem são os verdadeiros amigos e as pessoas
com quem eu quero estar."
E quando questionada sobre o ensinamento da pandemia para o colectivo
Isabel responde:
"Ensina-nos a fazer a triagem das prioridades e mostra-nos a
realidade. Esta pandemia sublinha as desigualdades de oportunidade e
recursos em que vive a sociedade a um nível global. Alguns passam a
pandemia num iate nas Caraíbas, e outros passam fome, nas ruas ou em
casa fechados.
Também traz a mensagem de que somos uma única família.
O que acontece com um ser humano em Wuhan, tem um reflexo no planeta inteiro.
Estamos todos ligados, e isso é uma evidência na realidade a ideia
tribal de que estamos separados por grupos e que podemos defender o
nosso pequeno grupo dos outros grupos é uma ilusão.
Não existem muralhas, ou paredes que possam separar as pessoas.
O vírus trouxe uma nova mentalidade e atualmente um grande número de
pessoas, entre eles criadores, artistas, cientistas, jovens, homens e
mulheres, caminham para uma nova normalidade.
Eles não querem voltar à normalidade antiga
O vírus convidou-nos a desenhar um novo futuro
O que sonhamos para nós como humanidade global?
Percebi que viemos ao mundo para perder tudo.
Quanto mais vives
Mais perdes.
Primeiro perdes os teus pais ou pessoas muito queridas, os teus
animais de estimação, alguns lugares e depois lentamente vais perdendo
as tuas próprias faculdades físicas e mentais.
Não podemos viver com medo
o medo estimula um futuro negro para ser vivido no presente
É necessário relaxar e apreciar o que temos e viver o presente."
 
Isabel Allende nasceu em 2 de agosto de 1942, em Lima, no Peru, onde o seu pai diplomata se encontrava em trabalho. No entanto, a sua nacionalidade é chilena, tendo-se tornado cidadã norte-americana em 2003. Entre outras obras é autora de "A Casa dos Espíritos" tão conhecida entre nós.
 

liber.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:21

Quinta-feira, 03.06.21

Referências (original)

Nesta altura com 7 décadas e mais uns "posinhos", dou por mim a dar-me conta de que as minhas referências já desapareceram da minha vida.
Hoje, sentada no meu lugar de eleição para meditar, o meu sofá, comecei a recordar pessoas que fizeram parte do meu percurso e comigo caminharam, sem falar da família, algumas com mais proximidade, como foi o caso de uma empregada que a minha avó tinha na altura do meu nascimento, que assistiu a ele, a Bernardina a quem chamava de Ani, a Guigui, de seu nome Margarida, que  continuou a olhar por mim e só saiu de nossa casa passados largos anos já comigo adulta, amigos próximos, crianças, meus companheiros de brincadeira, e que comigo viviam  no palco principal das nossas aventuras, o meu quintal, brincadeiras e mais brincadeiras que inventávamos e levávamos muito a sério, passando de mães muito cuidadosas, fazendo jantarinhos às bonecas, até ao imitar cantoras e atrizes de sucesso.
Tanta recordação, emoções vividas, amizades tão profundas que ficaram na densa treva das perdas que sofri ao longo da minha existência.
Mas, como para a frente é que é o caminho, continuo a caminhá-lo, sem antes me cairem umas lágrimas sentidas de muita saudade.

vida.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:31

Quarta-feira, 26.05.21

Sonhar acordada (original)

"Sonho" contigo sempre antes de adormecer, lembro o teu abraço tão envolvente, doce, carinhoso, apetecendo-me ficar assim aconchegada nos teus braços para sempre. Lembro também os beijos, as carícias que aconteciam entre nós e todo aquele amor lindo que vivemos. Não sei onde estás agora, talvez até muito próximo de mim, quem sabe se estendendo a minha mão encontrava a tua... não sei. Sei que este amor será eterno como o sentimento que, passado tanto tempo, ainda permanece em mim. Sou feliz assim; coisas de  pessoa crescida como eu.

sonhar.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 09:19

Terça-feira, 25.05.21

Cidade fantasma (original)

Hoje desloquei-me à baixa do meu Porto, por motivo inadiável, e fiquei triste e chocada com o que encontrei; por todo o lado obras e mais obras, lojas fechadas, algumas tão antigas e conceituadas e, por isso, conhecidas de todos nós. Enfim, deparei-me com uma cidade que mais parece ter saído de um cenário de guerra e por esta realidade tão dura, as lágrimas afloraram aos meus olhos.
Quanto tempo mais será necessário para alcançar a "normalidade" a que estava habituada. Quero voltar a ver a minha cidade com vida.

obras.jpgsanta catarina.jpgbaixa.jpg

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 19:07

Quinta-feira, 06.05.21

Angústia e dúvidas (original)

Quando depois de tanto tempo prisioneiros por conta do vírus que teima em permanecer em nossas vidas e, quando uma luz desponta no horizonte das nossas esperanças, a vacina, somos surpreendidos por notícias diárias, dando informações contraditórias quanto a possíveis reações da mesma e nos deixam angustiados sem saber que caminho tomar, mas sempre com a certeza de que uma reação seja mais suportável e benéfica do que o risco de contrair a terrível doença com que este agente infecioso nos ameaça.Tanta dúvida e angústia para resolvermos, mas tentemos acalmar a mente para ouvir o coração.

imagem.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 21:03

Sábado, 17.04.21

Museu de ArtDeco

Abre em breve, em Alcântara, Lisboa, o Museu de ArtDeco, com objetos de Arte Nova e Deco, considerado dos melhores do mundo.
Situa-se na antiga residência de verão do Marquês de Abrantes, construída na segunda metade do séc. XVIII.
A exposição pretende recriar a ambiência de várias épocas inspiradas pelas artes decorativas dos últimos anos do séc. XIX ao despoletar da II guerra mundial.
Os objetos colocados na sala respeitam o lado didático, móveis, trabalhos em ferro, candeeiros, objetos de vidro, cerâmica, arte da mesa e pratas associada à pintura, escultura, desenho, moda e joalharia.
Uma ótima sugestão para quem aprecia o que é belo.

img-3919-1.jpg

img-4017.jpg

Sala.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:00

Quinta-feira, 01.04.21

Páscoa 2021

PARA TODOS, UMA PÁSCOA EM QUE DESPERTEMOS COM UM NOVO SOL DE UM NOVO TEMPO.

 

feliz_pascoa_41.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:00

Sexta-feira, 19.03.21

Primavera (original)

Tempo de renovação, esperança, reflorescimento, alegria, cor, vida. Este ano a primavera tem um maior significado na nossa vida; que o nosso coração transborde de alegria, os nossos projetos floresçam, as nossas esperanças sejam renovadas e toda a tristeza que nos tem acompanhado se desvaneça. Sê bem-vinda, vamos celebrar-te em pleno. 

criança.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:52


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31