Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt



Sexta-feira, 29.06.18

A Selva de Eugénio de Castro

A Selva é sem dúvida a obra de josé maria ferreira de castro mais conhecida, publicada em 1930, autobiográfica, que conta a história de alberto, personagem principal, estudante português de direito, 26 anos de idade que, em virtude da sua ideologia política se vê obrigado a emigrar para Belém do Pará, onde morou com seu tio macedo durante algum tempo, embrenhando-se depois na floresta amazónica a fim de viver como seringueiro onde vive uma série de aventuras propiciadas pela mata virgem e pelo açodamento do sexo. 
Tal como alberto, também o autor, nascido em Ossela, Oliveira de Azeméis, emigrou em condições miseráveis para o Brasil, buscando melhores condições de vida. Vendo a sua intenção falhar, restou-lhe ir trabalhar no seringal, ironicamente chamado  Paraíso. Marcando a consagração literária de ferreira de castro, A Selva serviu ao autor como catarse, pelas dificuldades passadas nos quatro anos que viveu no seringal, mas sobretudo por ter testemunhado as condições desumanas a que eram sujeitos os que trabalhavam na extração de borracha na selva amazónica. Embora não seja narrado na primeira pessoa, o romance é um relato pessoal da violência, miséria e degradação humana a que estavam sujeitos os trabalhadores, escravizados por uma dívida interminável, contraída para exercer o próprio trabalho.
Esta obra, faz-nos refletir, no sentido da vida e na fragilidade da condição humana.
 

images.jpgselva fca.jpg

 

 

 

 
 
 
 
 
De origem humilde, nascido em Ossela, Oliveira de Azeméis emigrou para o Brasil onde foi em busca de melhores dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:57



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930