Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt



Terça-feira, 04.02.20

Amor quase perfeito - César Matoso

 Embalei um amor na vida
 na frieza dos meus braços
 entre espasmos e quimeras;
 minha amada então perdi
 foi o prazer do meu cansaço
 foi a minha primavera.
 Seu olhar rompeu a dor
 deu mais vida à minha vida
 deu-me alento ao coração;
 até o céu choveu a cor
 encontrei a luz perdida
 e enganei a solidão.
 Mas naquela madrugada,
 minha cama, meu pensamento
 estavam longe do seu corpo;
 estava fria minha amada
 estava perto o meu tormento
 e o meu coração sem porto.
 Fui-me embora ligeirinho
 sem pensar em mais nada enquanto me despedia
 segui o meu caminho
 com a porta já fechada mas a dúvida persistia.
 Eram rosas, eram cravos
 ou apenas ilusão
 esse amor onde me deito?!
 é saudade qu’inda arrasto
 no bater do coração
 de um amor quase perfeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:22


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829