Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt



Quarta-feira, 04.01.17

D. Pedro IV doa o seu coração ao Porto

 

 

O coração que D. Pedro IV, Rei de Portugal e Imperador do Brasil, doou ao Porto, está guardado a cinco chaves, na Igreja da Lapa, no Porto desde 1837 sendo precisas seis pessoas para chegar ao relicário que o guarda, envolvendo uma complexa operação, como aconteceu em 2009.

O “Rei Soldado” morreu em Queluz em Setembro de 1834 e o seu coração chegou ao Porto em Fevereiro de 1835. Foi doado à cidade como gratidão pela resistência do Porto na luta das forças liberais contra as tropas absolutistas de D. Miguel, irmão de D. Pedro IV.

 A grande empatia e gratidão que sentia pelo Porto, leva-o, logo após a vitória liberal, a honrar a cidade com a sua visita. O período de permanência na urbe (26 de Julho a 6 de Agosto) foi preenchido por diversas cerimónias civis, religiosas e militares. Destaca-se a entrega das chaves da cidade, pelo Presidente da Câmara, à Rainha. A cerimónia terminava com uma oração de graças e um "Te Deum", na Igreja da Lapa.
Em 14 de Janeiro de 1837, um decreto redigido por Almeida Garrett e assinado pela rainha D. Maria II, adicionava novos elementos às Armas do Porto; este acontecimento determinava que "as armas sejam esquarteladas com as do reino e tenham ao centro, num escudete de púrpura o coração de oiro de D.Pedro, sobrepojadas por uma coroa de duque, tendo por timbre o dragão negro das antigas armas dos senhores reis destes reinos, e junte aos seus títulos o de Invicta."

Foi este o último sinal de reconhecimento do monarca pelo esforço dos portuenses, ao serviço do país.

 

D. Pedro IV.png

 

interior.pngil.png

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:12



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031