Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt



Sexta-feira, 13.01.17

Serralves

A Casa de Serralves mandada construir pelo 2.º Conde de Vizela, Carlos Alberto Cabral, industrial aristocrata, que herdou a casa de seu pai em 1923 e cujo projeto é da autoria  do arquiteto Marques da Silva, considerado um exemplar único de Art Déco em Portugal, fica situada no Parque de Serralves, na freguesia de Lordelo do Ouro, na cidade do Porto. 

A Fundação foi criada em 1989 e o objetivo foi sensibilizar o público para a arte contemporânea e o ambiente. Até à abertura do Museu de Arte Contemporânea, em 1999, a Casa de Serralves acolhia as exposições realizadas pela Fundação. 

Em 1996, a Casa de Serralves foi classificada como imóvel de interesse público devido à sua arquitetura.
O Parque de Serralves resulta de processos de desenho paisagístico ao longo de mais de um século, constituindo vestígios de um jardim do século XIX, Quinta do Mata-Sete, Jardim da Casa de Serralves, paisagem do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.
O projecto para o jardim da Casa de Serralves foi encomendado pelo Conde de Vizela ao arquiteto Jacques Gréber em 1932. As obras da casa e jardins foram concluídas em 1940.
Em 1944 o Conde de Vizela instala-se finalmente em Serralves mas, cerca de dez anos mais tarde, vê--se obrigado a vender a propriedade a Delfim Ferreira, Conde de Riba de Ave, havendo a restrição de que a propriedade não podia ser objeto de qualquer transformação. Até aos anos 80 o espaço permaneceu inacessível ao público até que, em 1986, o Estado, na pessoa da Secretária da Cultura, adquire a quinta aos herdeiros de Delfim Ferreira permitindo a sua abertura à cidade, tornando-se o centro de um projeto que culminou na instalação de um dos mais importantes pólos culturais e artísticos da península Ibérica, envolvendo a casa, os jardins, a quinta, e um Museu de Arte Contemporânea.
Mais tarde, um novo edifício do museu de Serralves é construído, projetado pelo arquiteto Siza Vieira, implantando-se sobre a horta e pomar do antigo jardim, que obrigou a um redesenho dos espaços exteriores desta zona da propriedade, cujo projeto foi executado pelo arquiteto paisagista João Gomes da Silva. Para obviar a perda da horta primitiva foi construído, num ponto mais baixo do terreno, um jardim de plantas aromáticas.
Atualmente é pertença da Fundação de Serralves, que detém o Museu de Arte Contemporânea de Serralves.

Todos os anos a Fundação implementa as non-stop 24 horas de Serralves, o que permite a toda a população visitá-la gratuitamente, usufruindo de todo o calendário artístico e cultural e enriquecer o conhecimento.

 

135px-Casa_de_Serralves_4.jpg135px-Casa_de_Serralves_1.jpg

 

h2_recuperacao_35876389750d1ef3ecc105.jpgh2_parque_166270340650d1ef234613b.jpg200px-Fundación_Serralves_o_palacete_de_Miami.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:15


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031