Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Segunda-feira, 18.03.19

Amor primero - Patxi Andion

Se me ha dormido un sueño en el café
Perdido por el tiempo de nunca volver
La tarde en el colegio y un corazón
Clavado en el pupitre entre los dos.
Estas algo más rubia y así de pie
Pareces aún más alta de lo que pensé
Cuando tú eras la envidia y yo el por qué
Que tu padre decía me iba a perder
Quiero echar la vista atrás
Donde se encuentran
Mi plumiere y mi compás
Y tus trenzas
Y volver a rebuscar por un solar
Yo mis ganas de pelear y tú el susto
Que te daba no verme más
A fin de curso.
Ay amor, amor primero
Y de segundo, tercero y cuarto
Ay amor, te quise tanto
Cuando el beso era amor
Y el amor canto.
Amor desde el gimnasio a la excursión
Desde la geografía, amor sin razón
Amor de tinta y tiza
Amor de portal
Amor de

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:37

Segunda-feira, 18.03.19

Mis Gaviotas - Joan Manuel Serrat (1968)

Jugando ayer desnudo por la arena
mi niñez poco a poco vi pasar,
se me escapó sin darme cuenta apenas,
soñava con volar.
Irme jugando con el viento,
caer sobre el agua un momento.
Crecí soñando, cerca del mar,
junto a las rocas,
un día aprendí a volar,
aprendí a volar
como mis gaviotas.
Y me fui lejos de allí
aquel día,
sin mirar atrás creí
que jamás volvería.
Encontré un cardo, una flor,
un sueño, un amor, una tristeza,
me fui solo y luego fuimos dos,
un beso, un adiós y todo empieza.
Otra canción, otra ilusión, otras cosas,
y harto ya de andar
hoy volví a buscar
mis gaviotas.
Y no las vi, ellas también se fueron
de aquel rincón que nos unió una vez,
me quedé solo, escarbando en el suelo, 
buscando mi niñez. 
Ellas no ha de volver jamás, 
ellas la dejaron atrás, 
bajo la arena, cerca del mar, 
junto a unas rocas 
que no saben volar, 
que no saben volar 
como mis gaviotas. 
Y me voy más triste hoy 
que aquel día, 
que sin mirar atrás 
creí que jamás volvería.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:24

Sexta-feira, 22.02.19

Se Vieres (Album Maria) - Carminho

Se vieres, vem com amor
Trás-me alegria maior
E a vontade de me ver

Vem com os olhos a cantar
Com o teu sorriso soar
E o coração a bater
Vem com os olhos a cantar
Com o teu sorriso soar
E o coração a bater

Ao chegar, não digas nada
Deixa que fique calada
A ilusão e o lamento
Se vieres, quando isso for
Eu prometo, meu amor
Saber viver o momento
Se vieres, quando isso for
Eu prometo, meu amor
Saber viver o momento

Se vieres, não te demores
Que as minhas mais frias dores
São a espera e o seu lume
Volta com frésias na mão
Conheço o teu coração
E é esse o seu perfume
Volta com frésias na mão
Conheço o teu coração
E é esse o seu perfume

Lindo este fado de Carminho, que nos faz vibrar e nos arrepia com a bela voz e poema lindíssimo. A "conversa" acústica das guitarras é notável.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:35

Domingo, 17.02.19

Gabriel o Pensador - Astronauta

Acabei de ouvir no Faustão e gostei, apesar de não ser apreciadora deste género de música

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:31

Quinta-feira, 20.12.18

Arrufo - António Zambujo (Album do Avesso)

A julgar por esse teu olhar frio

Devo ter feito algum disparate

Ao chegar dei-te um carinho

E o meu mimo tu negaste

Eu fui pra cama sozinho

E acho que nem reparaste

Tendo em conta esta minha ausência,

Talvez o único motivo

Sim, passei a noite fora umas horas tinha dito

E agora nem almoças nem te vens deitar comigo

Eu confesso não entendo bem

O porquê de um castigo assim

Sabes que há muitas mulheres também

Que queriam ser o que és pra mim

Pois, então, peço desculpa

Por qualquer coisa que não fiz

Tendo em conta esse teu arrufo

É só o perdão que eu peço

Já pus leite no teu prato

E, sensato, me despeço

Se alguém compreende um gato compreende o universo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:46

Segunda-feira, 19.11.18

Marisa Monte - Depois

Depois de sonhar tantos anos
De fazer tantos planos
De um futuro pra nós
Depois de tantos desenganos
Nós nos abandonamos como tantos casais
Quero que você seja feliz
Hei de ser feliz também
Depois de varar madrugada
Esperando por nada
De arrastar-me no chão
Em vão
Tu viraste-me as costas
Não me deu as respostas
Que eu preciso escutar
Quero que você seja melhor
Hei de ser melhor também
Nós dois
Já tivemos momentos
Mas passou nosso tempo
Não podemos negar
Foi bom
Nós fizemos história
Pra ficar na memória
E nos acompanhar
Quero que você viva sem mim
Eu vou conseguir também
Depois de aceitarmos os fatos
Vou trocar seus retratos pelos de um outro alguém
Meu bem
Vamos ter liberdade
Para amar à vontade
Sem trair mais ninguém
Quero que você seja feliz
Hei de ser feliz também
Depois

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 07:09

Terça-feira, 31.07.18

You raise me up - Josh Groban

 When I am down, and, oh, my soul, so weary
When troubles come, and my heart burdened be
Then, I am still and wait here in the silence
Until you come and sit awhile with me

You raise me up, so I can stand on mountains
You raise me up to walk on stormy seas
I am strong when I am on your shoulders
You raise me up to more than I can be

You raise me up to more than I can be

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:18

Terça-feira, 31.07.18

David Bisbal - Me enamoré de ti

 

 

Me enamore de ti perdidamente
Y nuestros mundos son tan diferentes
Me enamore de ti y que le voy hacer
Se pinta de colores toda mi alma
Con esa dulce luz de tu mirada
Y al verte sonreír vuelvo a tener fe

Me enamore de ti y no me lo esperaba
Que algún día yo de amor iba a morir
Y ahora soy un hombre nuevo
Miro mas al cielo
Y cuento estrellas al dormir

Y ahora tengo mi fortuna

Que es mirar la luna
Y al pensarte sonreír
Hoy vuelvo a vivir

Entraste sin permiso en mi vida
Creyéndome que todo lo tenia
Y ahora que estas aquí
Yo tengo un corazón
Tu llenas de sentido a mis días
Y no me importa nada lo que digan
Aquellos que muy poco saben del amor

Me enamoré de ti
Jamás lo imaginaba
Que algún día yo
De amor iba a vivir

Y ahora soy un hombre nuevo
Miro mas al cielo
Y cuento estrellas al dormir
Y ahora tengo mi fortuna
Que es mirar la luna
Y al pensarte sonreír

Me enamoré de ti y no me lo esperaba
Que algún día yo de amor iba a morir
Y ahora soy un hombre nuevo
Miro mas al cielo
Y cuento estrellas al dormir
Y ahora tengo mi fortuna
Que expira en la luna
Y al pensarte sonreír
Hoy vuelvo a vivir
Muriendo de amor por ti

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:14

Terça-feira, 17.07.18

Miguel Gameiro -Teu Nome

 

Só para afastar esta tristeza
Para iluminar meu coração
Falta-me bem mais, tenho a certeza
Do que este piano e uma canção

Falta-me soltar na noite acesa
O nome que no peito me sufoca
E queima a minha boca

Falta-me soltá-lo aos quatro ventos
Para depois segui-lo por onde for
Ou então dizê-lo assim baixinho

Embalando com carinho

O teu nome, meu amor

Porque todo ele é poesia
Corre-me pelo peito como um rio
Devolve aos meus olhos a alegria
Deixa no meu corpo um arrepio
Porque todo ele é melodia
Porque todo ele é perfeição
É na luz, escuridão

Falta-me dizê-lo lentamente
Falta soletrá-lo devagar
Ou então bebê-lo como um vinho
Que dá força p'ro caminho
Quando a força faltar

Falta-me soltá-lo aos quatro ventos
Para depois segui-lo por onde for
Ou então dizê-lo assim baixinho
Embalando com carinho
O teu nome, meu amor

Porque todo ele é melodia
Porque todo ele é perfeição
É na luz, escuridão

Falta-me soltá-lo aos quatro ventos
Para depois segui-lo por onde for
Ou então dizê-lo assim baixinho
Embalando com carinho
O teu nome, meu amor

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 10:43

Domingo, 10.06.18

A Praça - Ronnie Von

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:33


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31