Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Quinta-feira, 02.02.23

Aor I love you - Marisa Monte

 

Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma, me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Hoje contei pras paredes
Coisas do meu coração
Passeei no tempo, caminhei nas horas
Mais do que passo a paixão
É o espelho sem razão
Quer amor, fique aqui

Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu gostar de você
Isso me acalma, me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Hoje contei pras paredes
Coisas do meu coração
Passeei no tempo, caminhei nas horas
Mais do que passo a paixão
É o espelho sem razão
Quer amor, fique aqui

Meu peito agora dispara
Vivo em constante alegria
É o amor que está aqui

Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you

Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you

Tinha suspirado
Tinha beijado o papel devotamente!
Era a primeira vez que lhe escreviam
Aquelas sentimentalidades

E o seu orgulho dilatava-se
Ao calor amoroso que saía delas
Como um corpo ressequido
Que se estira num banho tépido

Sentia um acréscimo de estima por si mesma
E parecia-lhe que entrava
Enfim, numa existência
Superiormente interessante

Onde cada hora tinha o seu encanto diferente
Cada passo conduzia a um êxtase
E a alma se cobria
De um luxo radioso de sensações!

Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you

Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you

Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you
Amor, I love you

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 09:12

Sábado, 08.10.22

É Preciso - Nuno Gameiro

 

É precisoParar nem que seja um segundoO que é feito do mundoE onde chegamos agora
É precisoEscutar quem nos fala por dentroPorque é agora o momentoParar por dentro e por fora
É precisoSarar as feridas abertasDizer as palavras certasAcalmar um coração
É precisoDar o melhor que nós temosTodo o amor é de menosÉ preciso levantar do chão
É precisoAbrir os braços em parVoltar de novo a abraçarE sentir o calor
É precisoDar esse beijo imperfeitoQue ferve cá dentro do peitoNós somos feitos de amor
É precisoSeguir que o caminho é em frenteFugir não é coisa da genteÉ preciso estender a mão
É precisoDar o melhor que nós temosTodo o amor é de menosÉ preciso levantar do chão
É preciso...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:13

Terça-feira, 04.10.22

Coro dos Escravos, Ópera Nabuco de Verdi

Coro dos Escravos Hebreus, é um coro do terceiro acto da ópera Nabucco (1842) de Giuseppe Verdi, com libreto de Temistocle Solera, inspirado no Salmo 137. Conhecido como a obra de arte "judia" de Verdi, o coro relembra a história dos exilados judeus após a perda do Primeiro Templo em Jerusalém. A ópera, com seu poderoso refrão, notabilizou Verdi como um dos maiores compositores italianos do século XIX. O refrão diz: "Va, pensiero, sull'alli dorate", que significa "Vá, pensamento, sobre as asas douradas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 16:07

Domingo, 02.10.22

https://globoplay.globo.com/v/6730592/

https://globoplay.globo.com/v/6730592/

Tema de Clara e Patrick na novela O Outro Lado do Paraíso

I can tell by your eyesThat you've probably been cryin' foreverAnd the stars in the skyDon't mean nothin' to you, they're a mirror
I don't wanna talk about itHow you broke my heartIf I stay here just a little bit longerIf I stay here, won't you listen to my heart?Oh, whoa, heart
If I stand all aloneWill the shadow hide the color of my heart?Blue for the tears, black for the night'sFears the stars in the skyDon't mean nothin' to you, they're a mirror
I don't wanna talk about itHow you broke my heartIf I stay here just a little bit longerIf I stay here, won't you listen to my heart?Oh, my heart
I don't wanna talk about itHow you broke this old heartIf I stay here just a little bit longerIf I stay here, won't you listen to my heart?Oh, my heartMy heartOh, my heart

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:47

Domingo, 28.08.22

O Teu Nome - Miguel Gameiro

 

Só para afastar esta tristezaPara iluminar meu coraçãoFalta-me bem mais tenho a certezaDo que este piano e uma canção
Falta-me soltar na noite acesaO nome que no peito me sufocaE queima a minha dor
Falta-me solta-lo aos quatro ventosPra depois segui-lo por onde forOu então dizê-lo assim baixinhoEmbalando com carinhoO teu nome, meu amor
Porque todo ele é poesiaCorre pelo peito como um rioDevolve aos meus olhos a alegriaDeixa no meu corpo um arrepio
Porque todo ele é melodiaPorque todo ele é perfeiçãoÉ na luz escuridão
Falta-me dizê-lo lentamenteFalta soletra-lo devagarOu então bebe-lo como um vinhoQue dá força pro caminho pra quando a força faltar
Falta-me solta-lo aos quatro ventosPra depois segui-lo por onde forOu então dizê-lo assim baixinhoEmbalando com carinhoO teu nome, meu amorMeu amor
Porque todo ele é melodiaE porque todo ele é perfeiçãoÉ na luz escuridão
Falta-me solta-lo aos quatro ventosPra depois segui-lo por onde forOu então dizê-lo assim baixinhoEmbalando com carinhoO teu nome, meu amorMeu amor

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 23:33

Quarta-feira, 27.07.22

En Chantant - Michel Sardou

Quand j'étais petit garçon
Je repassais mes leçons
En chantant
Et bien des années plus tard
Je chassais mes idées noires
En chantant
C'est beaucoup moins inquiétant
De parler du mauvais temps
En chantant
Et c'est tellement plus mignon
De se faire traiter de con
En chanson
La vie c'est plus marrant
C'est moins désespérant
En chantant
La première fille de ma vie
Dans la rue je l'ai suivie
En chantant
Quand elle s'est déshabillée
J'ai joué le vieil habitué
En chantant
J'étais si content de moi
Que j'ai fait l'amour dix fois
En chantant
Mais je n'peux pas m'expliquer
Qu'au matin elle m'ait quitté
Enchantée
L'amour c'est plus marrant
C'est moins désespérant
En chantant
Tout les hommes vont en galère
À la pêche ou à la guerre
En chantant
La fleur au bout du fusil
La victoire se gagne aussi
En chantant
On ne parle à Jéhovah
À Jupiter à Bouddha
Qu'en chantant
Qu'elles que soient nos opinions
On fait sa révolution
En chanson
Le monde est plus marrant
C'est moins désespérant
En chantant
Puisqu'il faut mourir enfin
Que ce soit côté jardin
En chantant
Si ma femme a de la peine
Que mes enfants la soutiennent
En chantant
Quand j'irai revoir mon père
Qui m'attend les bras ouverts
En chantant
J'aimerais que sur la Terre
Tous mes bons copains m'enterrent
En chantant
La mort c'est plus marrant
C'est moins désespérant
En chantant
Quand j'étais petit garçon
Je repassais mes leçons
En chantant
Et bien des années plus tard
Je chassais mes idées noires
En chantant
C'est beaucoup moins inquiétant
De parler du mauvais temps
En chantant
Et c'est tellement plus mignon
De se faire traiter de con
En chanson
Nanana nananana, nanana nananana
Nanana
Nanana nananana, nanana nananana
Nanana
Nanana nananana, nanana nananana
Nanana
Nanana nananana, nanana nananana

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 20:24

Domingo, 17.07.22

Eu quero ter um milhão de amigos - Roberto Carlos

Eu quero apenas olhar os campos
Eu quero apenas cantar meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero apenas um vento forte
Levar meu barco no rumo norte
E no caminho quero pescar
Para dividir quando lá chegar
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero crer na paz do futuro
Eu quero ter um quintal sem muro
Quero meu filho pisando firme
Cantando alto, sorrindo livre
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero amor decidindo a vida
Sentir a força da mão amiga
O meu irmão com um sorriso aberto
Se ele chorar quero estar por perto
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Venha comigo olhar os campos
Cante comigo também meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar, quero ouvir
(Eu quero ter um milhão de amigos)
(E bem mais forte poder cantar)
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 09:03

Sábado, 16.07.22

Esse Cara sou Eu - Roberto Carlos

O cara que pensa em você toda hora
Que conta os segundos se você demora
Que está todo o tempo querendo te ver
Porque já não sabe ficar sem você
E no meio da noite te chama
Pra dizer que te ama
Esse cara sou eu
O cara que pega você pelo braço
Esbarra em quem for que interrompa seus passos
Está do seu lado pro que der e vier
O herói esperado por toda mulher
Por você ele encara o perigo
Seu melhor amigo
Esse cara sou eu
O cara que ama você do seu jeito
Que depois do amor você se deita em seu peito
Te acaricia os cabelos, te fala de amor
Te fala outras coisas, te causa calor
De manhã você acorda feliz
Num sorriso que diz
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Eu sou o cara certo pra você
Que te faz feliz e que te adora
Que enxuga seu pranto quando você chora
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
O cara que sempre te espera sorrindo
Que abre a porta do carro quando você vem vindo
Te beija na boca, te abraça feliz
Apaixonado te olha e te diz
Que sentiu sua falta e reclama
Ele te ama
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:51

Sábado, 16.07.22

Tudo Pára - Roberto Carlos

Quando a gente fecha a porta tanta coisa se
Transforma
Tudo é muito mais bonito nessa hora
Entre os beijos que trocamos pouco a pouco nós
Deixamos
Nossas roupas espalhadas pelo chão
E é tão grande o amor que a gente faz
Que em nosso quarto já não cabe mais
Pelas frestas da janela se derrama pela rua
E provoca inexplicáveis emoções
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para quando a gente faz amor
Porque alguma coisa linda invade os corações lá fora
Tudo para quando a gente faz amor
As pessoas se sorriem e se falam
Se entendem e se calam no fascínio desse instante
Passarinhos fazem festa nos seus ninhos
No momento em que sozinhos
Somos muito mais amantes
E é tão grande o amor que a gente faz
Que pelas ruas já não cabe mais
Se eleva pelos ares, toma conta da cidade
E felicidade é tudo que se vê
Os sinais se abrem mas ninguém tem pressa
E o carteiro olhando o céu esquece
Até da carta expressa
Silenciam-se as buzinas, os casais fecham cortinas
E o mar se faz mais calmo por nós dois
E é tão grande o amor que a gente faz
Que até os absurdos são reais
Para o bairro
E a cidade nessa hora tão feliz
E é tanto amor que para até o país
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para quando a gente faz amor
Porque alguma coisa linda
Invade os corações lá fora
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para, tudo para
Tudo para quando a gente faz amor
Tudo para

 

Hoje, deu-me uma saudade do Rei que resolvi ouvir esta música dele e do seu lindíssimo poema.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:31

Segunda-feira, 20.06.22

Tempos de Escola Amantes do Alentejo


Quando ia para a escola
E levava na sacola
As continhas por fazer
No caminho, todo eu tremia
Porque no fim já sabia
Que a professora ia a bater-me
Quando sentei na carteira
Com as mãos na algibeira
Vi o caso mal parado
Joãozinho venha cá
Oh menino mostre-me lá
Como fez o seu trabalho
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada
Comecei logo a tremer
Sem saber o que fazer
Isto vai ser o bonito
Aí mê' Deus a minha sorte
Vai ser até a morte
Vou ficar todo partido
Quando veio direito a mim
Isto vai ser o meu fim
Só por causa de um trabalho
Oh professora não me bata
Que eu a olhar pra sua bata
Mando-a logo: taran-tan-tan
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada
Ó Senhora Professora
Por causa de um camarada
Que me deu cabo da tola
Fomos os dois jogar a bola
E esqueceu-me da sacola
Onde tinha a tabuada

 

Outros tempos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:21


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2023

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728




Posts mais comentados