Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Sábado, 31.07.21

Na Linha do Tempo - Vitor e Leo

Eu te dei o ouro do sol, a prata da lua
Te dei as estrelas pra desenhar o teu céu
Na linha do tempo, o destino escreveu
Com letras douradas
Você e eu
Há quanto tempo eu esperava
Encontrar alguém assim
Que se encaixasse bem nos planos
Que um dia fiz pra mim
Você e eu
Vou dizer
Que nessas frases tem um pouco de nós dois
E não deixamos o agora pra depois
Quando te vejo eu me sinto tão completo
Por onde eu vou
E nesses traços vou tentando descrever
Que mil palavras é tão pouco pra dizer
Que o sentimento muda tudo, muda o mundo
Isso é o amor
Na linha do tempo, o destino escreveu
Com letras douradas
Você e eu
Há quanto tempo eu esperava
Encontrar alguém assim
Que se encaixasse bem nos planos
Que um dia fiz pra mim
Você e eu
Que nessas frases tem um pouco de nós dois
E não deixamos o agora pra depois
Quando te vejo eu me sinto tão completo
Por onde vou
E nesses traços vou tentando descrever
Que mil palavras é tão pouco pra dizer
Que o sentimento muda tudo, muda o mundo
Isso é o amor
Que nessas frases tem um pouco de nós dois
E não deixamos o agora pra depois
Quando te vejo eu me sinto tão completo
Por onde vou
E nesses traços vou tentando descrever
Que mil palavras é tão pouco pra dizer
Que o sentimento muda tudo, muda o mundo
Isso é o amor
Isso é o amor
Isso é o amor
Amor
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 16:26

Sexta-feira, 16.07.21

Conjunto António Mafra - Sete e pico (1965)

No Baile da D. Ester
Feito a semana passada
Foram dar com o Chaufer
A dançar com a criada
Dizia-lhe ela baixinho
Na prise és bestial

Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal
Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal

A D. Inês sequiosa
Não resistiu ao Wiski
E pra se tornar famosa
Quis ir dançar o twist
Ao dar um jeito partiu-se
A cluna vertebral

Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal
Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal

O D. José de Vicente
Que é de S. Pedro da Cova
Pra mostrar que ainda é valente
Foi dançar a Bossa nova
Escorregou no soalho
Caiu, foi pro hospital

Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal
Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal

Quando o serviço abundante
No baile se iniciou
O D. Grilo num instante
A alface devorou
Diz-lhe a Locas ao ouvido
Pareces um animal

Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal
Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal

Faltou a luz e gerou-se
A confusão natural
E a Locas encontrou-se
Nos braços do Amaral
Logo esta grita aflita:
Acendam o castiçal!

Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal
Eram pr´aí sete e pico
Oito e coisa nove e tal

O CONJUNTO ANTÓNIO MAFRA  um conjunto musical de raízes populares que atingiu popularidade, com mais de 80 discos gravados em 58 anos de carreira. Os muitos sucessos do grupo são "Sete e pico", "Arrebita", "O Carteiro", "Ora vejam lá", "o manjerico" e tantos outros.
Formou-se em 1955, no Grupo Dramático e Benificente da Arrábida, onde se organizou um concurso de cantadores das freguesias do Porto, onde o Manuel Barros foi o vencedor. Os irmãos Mafras  António e Zé) logo o convidaram para formarem um grupo com o Mário João, como diretor técnico. Aí nasceu o grupo Caixinha de Surpresas.
Em 1958, António Pedro, mentor do grupo do Teatro Experimental do Porto convidou-os para atuar numa peça, O Morgado de Fafe Amoroso, e a partir daí nasceu o Conjunto António Mafra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:19

Quinta-feira, 15.07.21

Follow you - Imagine Dragons

You know I got your number, number all night
I'm always on your team, I got your back alright
Taking those, taking those losses if it treats you right
I want to put you into the spotlight
If the world would only know what you've been holding back
Heart attacks every night
Oh you know it's not right

I'll follow you way down wherever you may go
I'll follow you way down to your deepest low
I'll always be around wherever life takes you
You know I'll follow you

Call you up, you've been cryin', cryin' all night
You're only disappointed in yourself alright
Taking those, taking those losses if it treats you right
I wanna take you into the sunlight
If the world would only know what you've been holding back
Heart attacks every night
Oh you know it's not right

I'll follow you way down wherever you may go
I'll follow you way down to your deepest low
I'll always be around wherever life takes you
You know I'll follow you
You know I'll follow you
Wherever life takes you, you know I'll follow you

She's not the type to give herself enough love
She live her life, hand in a tight glove
I wish that I could fix it, I could fix it for you
But instead I'll be right here comin' through
(Right here, comin' through)

I'll follow you way down wherever you may go
I'll follow you way down to your deepest low
I'll always be around wherever life takes you
You know I'll follow you
You know I'll follow you
Wherever life takes you, you know I'll follow you

Imagine Dragons é uma banda de pop rock formada em Las Vegas nos Estados Unidos, com o vocalista Dan Reynolds, guitarrista Wayne Sermon, baixista Ben McKee e baterista Daniel Platzman.
Primeiro ganhou exposição com o lançamento do single It´s Time, seguido do álbum de estreia, Night Visions (2012) que resultou nos singles Radioactive e Demons. A Billboard colocou-os no topo do Ranking Year in Rock de 2013 e 2017 e nomeou-os como Banda Revelação de 2013 e Melhor Banda de 2017.
Após uma pausa, a banda voltou a lançar novos trabalhos no dia 12 de março de 2021 liberando dois singles: Follow You e Cutthroat.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:06

Terça-feira, 06.07.21

Rafaella Carrà - Top Pop

Raffaella Carrà, também conhecida por La Carrà, foi uma apresentadora de TV, entrevistadora, atriz, show-girl e cantora italiana. Seu nome verdadeiro era Raffaella Roberta Pelloni.
Nasceu a 18 de Junho de 1943 em Bolonha (Itália)
Faleceu a 5 Julho de 2021em Roma
Com a televisão espanhola TVE nos anos 70 apresentou, entre outros, "La hora de Raffaella Carrà", conquistando o público e dando o salto para a América Latina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:57

Segunda-feira, 28.06.21

Vamos fugir - Gilberto Gil

Vamos fugir
Deste lugar, baby
Vamos fugir
Tô cansado de esperar
Que você me carregue

Vamos fugir
Pro outro lugar, baby
Vamos fugir
Para onde quer que você vá
Que você me carregue

Pois diga que irá
Irajá, Irajá
Pronde eu só veja você
Você veja a mim só
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum
Outro lugar qualquer
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol
Outro lugar ao sul
Céu azul, céu azul
Onde haja só meu corpo nu
Junto ao seu corpo nú

Vamos fugir
Para outro lugar, baby
Vamos fugir
Para onde haja um tobogã
Onde a gente escorregue
Todo dia de manhã
Flores que a gente regue
Uma banda de maçã
Outra banda de reggae
temos que comemorar vitórias...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 23:14

Domingo, 27.06.21

Guerra dos Meninos - Mara Abrantes

 

Hoje eu tive um sonho que foi o mais bonito
Que eu sonhei em toda a minha vida
Sonhei que todo mundo vivia preocupado
Tentando encontrar uma saída
Quando em minha porta alguém tocou
Sem que ela se abrisse ele entrou
E era algo tão divino, luz em forma de menino
Que uma canção me ensinou
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Tinha na inocência a sabedoria
Da simplicidade e me dizia
Que tudo é mais forte quando todos cantam
A mesma canção e que eu devia
Ensinar a todos por ali
E quantos mais houvessem para ouvir
E a fé em cada coração, na força daquela canção
Seria ouvida lá no céu por Deus
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
E saí cantando meu pequeno hino
Quando vi que alguém também cantava
Vi minha esperança na voz de um menino
Que sorrindo me acompanhava
Outros que brincavam mais além
Deixavam de brincar pra vir também
E cada vez crescia mais aquele batalhão de paz
Onde já marchavam mais de cem
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
De todos os lugares vinham aos milhares
E em pouco tempo eram milhões
Invadindo ruas, campos e cidades
Espalhando amor aos corações
Em resposta, o céu se iluminou
Uma luz imensa apareceu
Tocaram fortes os sinos, os sons eram divinos
A paz tão esperada aconteceu
Inimigos se abraçaram e juntos festejaram
O bem maior, a paz, o amor e Deus
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na
Na nanana na na na na na na

Hoje na TV Memória recordei Mara Abrantes, a Dionne Warwick portuguesa, que nos deixou recentemente, aqui em grande numa emissão do Natal dos Hospitais acompanhada pela filha Magda. Esta canção de Roberto Carlos foi um sucesso enorme com a participação do Coro de Santo Amaro de Oeiras no Natal dos Hsopitais de 1981.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:33

Quarta-feira, 23.06.21

Étude Tristesse - Chopin

O estudo op.10 no.3 em mi maior é um estudo para piano solo composto por Frédéric Chopin em 1832. É um estudo de cantabile lento para execução polifónica e legato. O próprio Chopin considerou a melodia a mais bela. Tornou-se famoso por meio de vários arranjos populares. Embora este étude às vezes seja identificado pelos nomes "Tristesse" (Tristeza) ou "Farewell (L'Adieu)", nenhum dos dois é um nome dado por Chopin, mas sim por seus críticos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 09:12

Quarta-feira, 23.06.21

Tous les garçons et les filles - Françoise Hardy

Lembram-se dela? esta canção que editou em 1962, transformou Françoise Hardy num fenómeno e num dos nomes de proa do movimento yé-yé. Em mais de 50 anos de percurso, a cantora editou dezenas de álbuns, sendo o mais recente "Personne d'Autre", de 2018.
Hoje em dia, com 77 anos de idade, em fase terminal a lutar contra um cancro no ouvido, pede que a deixem  morrer.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:54

Domingo, 13.06.21

Quando nós formos velhinhos - Rogério Charraz

 

Quando nós formos velhinhos
Cá em casa os dois, sozinhos
De pantufas e roupão
Se ainda me deres ouvidos
Vou buscar-te os comprimidos e cuidar-te da tensão

Se a pensão der pra pagar
E se o tempo nos chegar, vou levar-te de viagem
Podemos ir num cruzeiro
Ver os dois o mundo inteiro, nem que seja à outra margem

E tocar no gira-discos
Aquela nossa canção
Será que a menina dança
E me dá a confiança de pegar na sua mão?

Toca então no gira-discos
Aquela nossa canção
Eu juro não ir embora
E ficar a noite fora agarrado à tua mão

Quando nós formos velhinhos
E estivermos sentadinhos
No sofá a ver TV
Vou dizer-te, minha Anita
Tu ainda és tão bonita, quem te viu ainda te vê

Quando nós formos velhinhos
E estivermos bem juntinhos debaixo do cobertor
Vou dizer-te em tom malvado
Que ainda estou apaixonado e desejo o teu amor

E tocar no gira-discos
Aquela nossa canção
Será que a menina dança
E me dá a confiança de pegar na sua mão?

Toca então no gira-discos
Aquela nossa canção
Eu juro não ir embora
E ficar a noite fora agarrado à tua mão

Toca então no gira-discos
Aquela nossa canção
Eu juro não ir embora
E ficar a noite fora agarrado à tua mão

 

Letra: José Fialho Gouveia
Música e Voz: Rogério Charraz
Acordeão: Carlos Lopes
Bateria: Carlos Miguel
Contrabaixo: Nuno Oliveira
Guitarra acústica: Mário Delgado
Álbum: O Coreto
Participação especial: Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho
Arranjo: Rogério Charraz e Luísa Sobral

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 19:25

Sábado, 05.06.21

Maria Bethânia - Fado

Por quem tu te consomes, coração?
E somes nessas águas de arrebentação
Rolando ao sal dos sonhos, vai arrastando dores
Inaugurando mares com teu pranto de amores

Por quem te enclausuras na força das marés
E cantas sem ternura a luz dos cabarés?

Por quem tu te desvelas, coração?
E levanta as velas, vais na ventania
Sabendo do naufrágio que o tempo anuncia
Preferes a procela à paz da calmaria

Que anjo dissoluto põe tua embarcação
Na fúria dessas águas, longe da viração

Música lançada em 2012, do album Oásis, e que faz parte da novela Tempo de Amar da Globo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:10


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930




Posts mais comentados