Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Quinta-feira, 05.12.19

Museu do carro elétrico - mapa dos STCP

O Porto, em meados do século passado, conhece uma revolução a nível de transportes públicos. Com a chegada das camionetas ao sistema de transporte de passageiros,.que operavam desde 1930, os carros elétricos perdem terreno.
Em 1946, a Companhia de Carris de Ferro do Porto dá lugar aos STCP (Serviço de Transportes Coletivos do Porto), liderado pela Câmara Municipal que controlava os transportes públicos da cidade.
Volvidos dois anos começam a aparecer os autocarros que compunham a frota dos STCP e com eles são inauguradas novas carreiras.
Duas décadas mais tarde, aparecem os troleicarros na frota dos STCP; mais rápidos que as camionetas, estes veículos permitiram que a rede de serviços ganhasse uma nova extensão na área metropolitana do Porto.

museu.jpgmapa.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 17:55

Domingo, 01.12.19

Sonhar é fácil... (original)

O Sol acariciava o nosso corpo enquanto o marulhar suave das ondas nos embalava; deitados naquela praia maravilhosa trocávamos palavras mágicas misturadas com beijos doces e longos.
Estava de novo nos seus braços fortes, quis abraçá-lo com mais intensidade e… de repente, acordei!
Sensação terrível que acabou com aqueles momentos tão belos em que tive de volta o “meu amor”.
No fim de um dia, com o cansaço instalado, acabei por adormecer, tendo sido transportada para o paraíso.
Depois do abalo da separação me ter desnorteado por completo, encontrava nos meus afazeres uma fuga para o estado de tristeza e abandono em que me encontrava.
Tentava levar o meu dia-a-dia mas as recordações teimavam em acompanhar-me e os fins-de-semana eram pródigos nessa constatação.
Ao cabo de muitas perguntas feitas a mim própria com poucas ou nenhumas respostas válidas, tentei esquecê-lo, mas em vão.
Com um romance vivido intensamente no passado, resistia a tirá-lo do coração e da minha vida.
Falávamos nas ocasiões que o calendário nos impunha, continuando a transmitir o quanto continuávamos importantes um para o outro.
Começo a perceber que, mesmo antes de nos encontrarmos nesta galáxia, já o tínhamos feito noutro plano, tal a sintonia de ambos.
Sendo uma pessoa a quem a espiritualidade diz muito, encontro aí as motivações para defender todas as teorias que sustento.
Encontrar um grande amor é uma bênção que não está ao alcance da maioria dos mortais, vivê-lo até ao fim da existência, é a suprema felicidade.

gemea.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:16

Quinta-feira, 28.11.19

Luz, Cor, Ação (original)

As ruas apinham-se de gente na euforia das compras, é "urgente" e "necessário" que se consuma mais nesta época, consumo que se repete ano após ano, sem pensarmos no pobre que se abeira de nós, na criança que nos pede esmola, nos velhos que, na soleira de uma porta de uma qualquer rua, arrastam a solidão e a tristeza, no vizinho vivendo uma pobreza envergonhada que chora entre quatro paredes.
A mensagem de Natal continua sem entrar na maioria dos corações, gelados e desprovidos de amor.
Será isto Natal?

solidário.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:00

Quarta-feira, 27.11.19

Casa de Serralves

O proprietário da fábrica Rio Vizela, uma das maiores da indústria têxtil da Europa no séc. XX, foi a fonte de financiamento que permitiu ao proprietário, o Conde de Vizela, construir a Casa de Serralves, entre 1930 e primeiros anos da década seguinte.
Em 2009, numa primeira exposição individual em Serralves, Teoria da Fala, foram investigadas as relações entre a "casa cor de rosa", a sua arquitetura e decoração e as histórias relacionadas de art déco, do capitalismo e colonianismo.
A conversa sobre uma das obras criadas para uma mostra que integra a coleção de Serralves - cenário para a representação da peça "o Ego da Cómoda", uma farsa para três personagens permitirá uma viagem fascinante pela história do século passado e, num ano que celebra os 30 anos da Fundação, dos 20 anos do Museu e 10 anos da exposição, pela própria história da instituição.
A visita a Serralves impõe-se sempre.

serralves.jpgcenário.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 10:47

Quinta-feira, 14.11.19

Reagentes e pigmentos em tinturaria

Desde as mais antigas civilizações, o tingimento de tecidos era considerado uma arte na qual o tintureiro era comparado a um pintor que usava os corantes naturais para chegar às tonalidades pretendidas.
A partir do séc. XIX os avanços tecnológicos que se fazem sentir na química, permitem a descoberta de várias matérias corantes e suas variações através de diferentes reagentes; assim os processos de tinturaria.convertem-se numa verdadeira alquimia que permite ao tintureiro conseguir os tons impostos pelos ditames da moda.
Em meados do séc. XIX uma coleção de diversos frascos de materiais tintureiros, com corantes, pigmentos e reagentes para utilização em laboratório químico, foi comprada pelo Instituto Industrial do Porto.
Numa carta datada. de 189'0 dirigida ao diretor da escola, o lente de química e física, agostinho da silva vieira, refere que a coleção foi comprada em Paris, pela empresa Barral.

frascos.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:07

Sábado, 09.11.19

S. Martinho (original)

DESEJO A TODOS  UM S. MARTINHO BEM PASSADO E MUITO QUENTINHO

saoMartinho2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:20

Terça-feira, 05.11.19

Bloco na Rua - Ney Matogrosso (original)

 
A energia e carisma de Ney Matogrosso, de 78 anos de idade, mais uma vez ficaram comprovados no belíssimo concerto Bloco na Rua, que ontem teve lugar no nosso Coliseu do Porto.
De novo, toda a magia se espalhou na sala apinhada de gente, como é hábito quando o grande Ney nos presenteia com a sua arte complementada com uma orquestra fabulosa.
Como sempre acontece, lavei alma e coração.
Até à próxima visita.
 

1.jpg

2.jpg3.jpg

4.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 18:18

Terça-feira, 29.10.19

Herbário de Júlio Dinis

Júlio Dinis é o pseudónimo de joaquim guilherme gomes coelho, natural do porto, médico e escritor, nome que o imortalizou nos vários romances que publicou.
Quando termina o curso na escola médica cirúrgica em 1861 sofria de problemas de saúde, nomeadamente tuberculose que vitimara já a sua mãe e todos os 8 irmãos. Por este motivo, dedicou-se mais à literatura, uma vez que a profissão de médico não podia ser exercida.
Por aconselhamento médico retira-se para o meio rural que influenciou as suas obras.
Esperançado numa cura esteve por duas vezes na ilha da madeira, onde para além de continuar a sua atividade de escritor, dedicou-se a colecionar espécies vegetais autótones, com as quais elaborou um herbário que  faz parte do museu da escola rodrigues de freitas.

Herbario.jpgRodrigues freitas.jpg

julio dinis.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 20:15

Sábado, 26.10.19

Natal é... (original)

 

Natal é... tempo de comemorar a vida, espalhar o amor e semear a esperança

Em mais uma das minhas deambulações de fim de semana, verifico que o Natal já se faz sentir?! em alguns espaços e ruas da nossa cidade.
Cada vez mais o espírito natalício é desvirtuado tal a antecipação um tanto exagerada, mas o negócio é que manda e comanda toda esta situação.
O que importa é vender, impingir a "banha da cobra" aos mais incautos e tudo o que esta época deveria encerrar é posta de lado; onde está o amor? a atenção e o respeito pelo próximo? a educação? a ajuda ao nosso semelhante?
Perguntas que ficarão para sempre sem resposta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 20:18

Quinta-feira, 24.10.19

Barco rabelo

O último rabelo fabricado e utilizado para transporte fluvial do vinho do porto nas águas do rio douro, quando este ligava o alto douro ao porto foi oferecido à camara municipal do porto em 1971 pela empresa Sousa Cruz & Cª Ldª.
Em 1990 foi seccionado em cinco partes dada a dificuldade de transporte do barco com 17,5 metros de comprimento. Desde então passou a ter uma nova missão, está em  exposição nos jardins da Casa Tait. Os seus espólios contam a história da cidade, no recém inaugurado reservatório da pasteleira.
Assim, quando se assinala o aniversário da primeira viagem turística no Douro, vamos descobrir este objeto e o lugar que ocupa na história do Porto.

brab.jpgTait.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 15:52


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031