Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://palavrasesentidos.blogs.sapo.pt


Quinta-feira, 02.08.18

Cinco anos de saudade mútua

 
 
Cinco anos decorridos desde que nos separamos;  parti, já muito velhinho e neste momento moro numa estrelinha que talvez consigas ver à noite a brilhar, a brilhar...
Durante a minha vida tive, queridos donos, todo o amor e carinho que  me deixava tão feliz. Como nos compreendíamos bem, por isso te seguia, especialmente a ti querida doninha, para todo o lado em casa, chegando mesmo a ficar à porta esperando que a abrisses, lembras?
Como és sempre tu a recordar-me  no dia da minha partida, este ano estou a antecipar-me para te dizer que já arranjei muitos amiguinhos que habitam as estrelinhas vizinhas e, mesmo no infinito, continuo a amar-vos.
"Cascais"
 

 

Memo.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 16:35

Quinta-feira, 26.07.18

Dia dos Avós

AMOR+TERNURA+CUMPLICIDADE+COLO+ ATENÇÃO+ABNEGAÇÃO = AVÓS, QUE AARCAM PARA SEMPRE NOSSAS VIDAS COM SAUDADE NO CORAÇÃO.
PARA TODOS UM DIA MUITO FELIZ.
 

Avós.png

 

 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 07:17

Domingo, 15.07.18

Vitamina C

Uma pesquisa inovadora sobre o potencial da Vitamina C contra o câncer, foi publicada na revista Science Translational Medicine.
Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Kansas, testou os efeitos da vitamina C em altas doses por via intravenosa em um grupo de seres humanos e descobriu que efetivamente erradica as células cancerosas, deixando intactas as células saudáveis.
Pesquisadores admitem que mais estudos em humanos sobre Vitamina C intravenosa são improváveis ​​porque empresas farmacêuticas não podem patentear vitaminas.
Os testes exigem fundos que normalmente vêm de empresas farmacêuticas interessadas no desenvolvimento de um medicamento patenteado. As empresas farmacêuticas estão pouco interessadas em promover os benefícios medicinais de substâncias naturais, como a vitamina C, já que dizimaria a indústria multibilionária do câncer convencional se a notícia for divulgada sobre seus benefícios.
"Como a Vitamina C não tem potencial de patente, o seu desenvolvimento não será apoiado pelas empresas farmacêuticas". #terrapapers

 

vtamna.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 08:21

Sexta-feira, 13.07.18

Relvado do Estádio do Dragão

Inaugurado em 2003, obra do arquiteto Manuel Salgado, o Estádio do Dragão é um ícone do desporto e da cultura da cidade e da região norte. Palco de vitórias e derrotas, de emoções ao rubro, o seu relvado  é pisado, a cada época, por alguns dos melhores atletas do futebol internacional, acolhendo competições históricas, como o jogo de abertura do Euro 2004. Em cada jogo, ficam no relvado o sangue, o suor e as lágrimas dos jogadores da equipa visitante e da equipa anfitriã. Este relavdo é pisado também por estrelas como os Rolling Stones, os Coldplay ou os Muse. O Museu do FCP abre as portas da casa dos dragões, e dá-nos uma oportunidade para conhecer de perto este emblemático recinto, na véspera da final do mundial de futebol que se disputará no Estádio Luzhniki, em Moscovo, no ano do 15º aniversário do Estádio do Dragão e do 125º aniversário do clube.

VIVA O PORTO!

 

manutenção.jpgmais.png

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 11:30

Sábado, 07.07.18

Festival de música Estoril Lisboa

2018 celebra o ano europeu do património cultural. A comemoração dos 100 anos do fim da I Guerra Mundial e o impacto que teve na vida musical da época, marca um período da história contemporânea a que se junta a comemoração do centenário da morte de Claude Debussy e os aniversários de nascimento de François Couperin (350 anos), José Vianna da Mota (150 anos) e Leonard Bernstein (100 anos), o que permite, no Festival Lisboa Estoril, ter acesso a um repertório diversificado destes génios da música.

Fomenta-se, assim, a criação e difusão de obras de compositores portugueses, com ênfase nas novas gerações a par da divulgação do património musical.

lx.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 13:59

Sexta-feira, 06.07.18

Memórias de Guerra Junqueiro

Hoje no canal memória assisti a um magnífico documentário sobre a vida do poeta e escritor Guerra Junqueiro que conhecemos, quanto mais não seja, dos textos que estudávamos nos livros escolares, quem não se lembra da Moleirinha? talvez a mais conhecida dos pequenotes.

Quanto a mim, recordo com muita saudade o maravilhoso poema Morena, que o meu pai tantas e tantas vezes  declamou, e que eu ouvia extasiada.

O grande Guerra Junqueiro foi para além do notável homem de letras, também agricultor, na quinta da Batoca que possuía na região duriense  e que ele tanto amava, colecionador de obras de arte, pinturas, os famosos pratos de Nuremberga, mobiliário que hoje podemos admirar no museu com o seu nome na cidade do Porto, cuja casa foi doada ao município pela filha do poeta, D. Isabel Guerra Junqueiro e onde todo o espólio pode ser admirado por quem nos visita e pelos naturais da invicta.

Fiquei de alma lavada depois de recordar este nome grande que para sempre ficará na história.

 

Morena

Não negues, confessa
Que tens certa pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena.

Pois eu não gostava,
Parece-me a mim,
De ver o teu rosto
Da cor do jasmim.

Eu não... mas enfim
É fraca a razão,
Pois pouco te importa
Que eu goste ou que não.

Mas olha as violetas
Que, sendo umas pretas,
O cheiro que têm!
Vê lá que seria,
Se Deus as fizesse
Morenas também!

Tu és a mais rara
De todas as rosas;
E as coisas mais raras
São mais preciosas.

Há rosas dobradas
E há-as singelas;
Mas são todas elas
Azuis, amarelas,
De cor de açucenas,
De muita outra cor;
Mas rosas morenas,
Só tu, linda flor.

E olha que foram
Morenas e bem
As moças mais lindas
De Jerusalém.
E a Virgem Maria
Não sei... mas seria
Morena também.

Moreno era Cristo.
Vê lá depois disto
Se ainda tens pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena!

Guerra Junqueiro, in 'A Musa em Férias'
 

GJ.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:57

Quinta-feira, 05.07.18

Não há coincidências, será?

 

Chegara àquela cidade há pouco tempo e ainda mal habituada aos passos que dava no dia a dia, no momento em que fechou a porta do seu apartamento para ir às compras, nem lhe passara pela cabeça o que iria acontecer-lhe.

No regresso não conseguiu abrir a porta, apesar dos esforços envidados para tal.

O que  se passa, interrogou-se?

Desorientada e depois de inúmeras tentativas, continuava  do lado de fora da sua casa, 

Foi então que decidiu dar uma volta para refrescar ideias e passar o tempo que começava  a adivinhar ser longo até conseguir a ajuda de que necessitava. 

Percorridos poucos metros, dá de caras com uma amiga de infância a quem perdera o rasto mas cujo lugar permanecia no seu coração e que, ironia do destino, morava muito perto de si.

Depois da emoção que  esse encontro provocou de parte a parte, surge o convite para ir almoçar a sua casa e conhecer a família.

Aceitou de imediato sendo recebida pela família com alegria e calor entre as explicações um tanto atabalhoadas que dava sobre a amizade que as unia.

Durante a refeição que durou algum tempo para pôr em dia todas as histórias pendentes, os risos com emoção à mistura foram uma constante.

Um dia que começou da pior maneira foi o caminho para o reatar de uma amizade que fora interrompida.

Afinal há ou não coincidências?

 

existem.png

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:38

Sexta-feira, 29.06.18

A Selva de Eugénio de Castro

A Selva é sem dúvida a obra de josé maria ferreira de castro mais conhecida, publicada em 1930, autobiográfica, que conta a história de alberto, personagem principal, estudante português de direito, 26 anos de idade que, em virtude da sua ideologia política se vê obrigado a emigrar para Belém do Pará, onde morou com seu tio macedo durante algum tempo, embrenhando-se depois na floresta amazónica a fim de viver como seringueiro onde vive uma série de aventuras propiciadas pela mata virgem e pelo açodamento do sexo. 
Tal como alberto, também o autor, nascido em Ossela, Oliveira de Azeméis, emigrou em condições miseráveis para o Brasil, buscando melhores condições de vida. Vendo a sua intenção falhar, restou-lhe ir trabalhar no seringal, ironicamente chamado  Paraíso. Marcando a consagração literária de ferreira de castro, A Selva serviu ao autor como catarse, pelas dificuldades passadas nos quatro anos que viveu no seringal, mas sobretudo por ter testemunhado as condições desumanas a que eram sujeitos os que trabalhavam na extração de borracha na selva amazónica. Embora não seja narrado na primeira pessoa, o romance é um relato pessoal da violência, miséria e degradação humana a que estavam sujeitos os trabalhadores, escravizados por uma dívida interminável, contraída para exercer o próprio trabalho.
Esta obra, faz-nos refletir, no sentido da vida e na fragilidade da condição humana.
 

images.jpgselva fca.jpg

 

 

 

 
 
 
 
 
De origem humilde, nascido em Ossela, Oliveira de Azeméis emigrou para o Brasil onde foi em busca de melhores dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 14:57

Quinta-feira, 28.06.18

Encerramento da pastelaria Suissa

Mais uma vez o vil metal vence em mais uma negociata; foi com grande tristeza que recebi a notícia de que a emblemática pastelaria de Lisboa irá fechar as portas em breve. O estabelecimento, incluindo todo o quarteirão, foi vendido por 62 milhões de euros.
Ponto de encontro de tantos lisboetas, mesmo no coração da baixa, era também o meu e da minha família onde lanchávamos muitas vezes pois a minha mãe adorava, aos fins de tarde, saborear a bela doçaria que fabricavam. Era o seu lugar de eleição, ou não fosse alfacinha.
Mais um ex-libris da nossa capital vai desaparecer para dar lugar a sabe-se lá o quê...

461090697_0de23b8972.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 21:51

Sábado, 23.06.18

S. João do Porto 2018

Mais um ano de folia e grande alegria que se espalha por toda a cidade e os problemas da vida são esquecidos em momentos de descontração e cumplicidade entre todos.

Feliz e alegre S. João.

images.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por palavrasesentidos às 17:12


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2018

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Posts mais comentados